PESQUISE AQUI

pub-0465069744057450 google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0
Mostrando postagens com marcador dicas caseiras. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dicas caseiras. Mostrar todas as postagens

10 de jan de 2018

DIY | Faça Você Mesmo - Roupas Divertidas para o Carnaval



-->






$00.00
Descriptions…
Já entraram no clima do carnaval????

Parece mentira, mas já está na hora de preparar a fantasia para a festa com a criançada!!

Que tal pensar em fantasias / roupas que seus pimpolhos podem aproveitar depois para usar em brincadeiras e passeios?
google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0

DIY | Faça você mesmo - Fantasia CupCake - Carnaval



-->






$00.00
Descriptions…
google.com, pub-0465069744057450, DIRECT, f08c47fec0942fa0

3 de jan de 2018

Queijo Mussarela Feito em Casa!!

Leite de caixinha não serve, e não pode ser gelado também! A temperatura
deve estar aproximadamente em 35 graus! Se estiver frio na sua cidade,
aqueça um pouquinho para que fique morno... A massa ficará de 24 à 36
horas para secar fora da geladeira. Coloque o soro (500ml) para ferver, e
quando estiver fervendo, abaixe o fogo e coloque a massa apenas para
derreter, para que ela fica como se estivesse em uma chapa. Não fique
mexendo na hora de cozinhar. Vai depender do fogo do seu fogão, de 5 à
15 minutos. Os queijos, coalhando com vinagre, não rendem tanto. O
vinagre é bom para ricotas, cottage e requeijão. O nome do produto que
usei para coalhar é "Coalho". Você encontra Coalho em lojas de produtos
naturais e em lojas que vendem produtos para animais. E se você vai
fazer queijo pela primeira vez, assista esse vídeo porque no início dou
muitas dicas importantes que farão que você
consiga aprender a fazer
qualquer tipo de queijo!!

-->

Como fazer kefir?

-->
$00.00
Descriptions… Para preparar o alimento, misture em um pote de vidro 1 colher de sopa de grãos kefir com 2 xícaras de leite. Tampe com um pano vazado, como um tule, e coloque na geladeira. Aguarde de 36 a 48 horas para que a substância fermente e, em seguida, coe o líquido, que ficará semelhante a um iogurte.
Os grãos de Kefir de leite são brancos e constituem uma cadeia de bactérias e leveduras que tem a aparência muito semelhante a uma couve flor. Quando bem cultivados produzem uma rica bebida probiótica e continuam crescendo indefinidamente.
Preparar o Kefir de Leite é muito fácil. Os grãos são cultivados leite, seja de vaca, cabra ou ovelha. As bactérias e leveduras presentes nos grãos metabolizam o açúcar do leite, ou seja, a lactose, reduzindo a caseína, albumina, além de sintetizar o ácido lático, a lactose e outras enzimas. Também modificam os sais de cálcio, que se tornam mais fáceis de serem absorvidos pelo organismo humano. O leite de Kefir é composto por um conjunto de microorganismos benéficos, repleto em vitamina, aminoácidos e enzimas.


Quando fermentado pelo Kefir o leite se assemelha muito ao iogurte que conhecemos, no entanto é nutricionalmente mais rico, com menos lactose e repleto de probióticos. São mais de 30  tipos diferentes de lactobacilos, incluindo Lactobacillus bulgaricus, Streptococcu thermophilus, Lactobacillus acidophilus e Lactobacillus casei.

O QUE PRECISA PARA PRODUZIR KEFIR DE LEITE
Primeiro você precisa dos grãos, e os conseguirá através de doação (existem muitos grupos na internet onde você pode procurar). Conforme você cultiva, os grãos irão crescer e se reproduzir, e você poderá também doá-los. O Kefir de Leite se reproduz sintetizando o açúcar presente no leite, ou seja, a lactose. O ideal é usar leite integral de boa qualidade. Aqui em casa uso o leite que encontro na parte refrigerada do supermercado, as vezes compro orgânico quando consigo. Se você tem acesso a alguém que vende leite fresco, melhor ainda!
Além dos grãos e leite você irá precisar de um recipiente de vidro para fermentar os grãos, um pano estilo voal ou gaze, uma peneira e um recipiente para armazenar o seu leite já fermentado.
Antes de começar não esqueça de ler este post sobre DICAS BÁSICAS DE MANUSEIO.

PREPARANDO O KEFIR DE LEITE
  1. Em um recipiente de vidro bem limpo coloque o leite.
  2. Adicione os grãos de Kefir – cerca de 2 a 4 colheres (sopa) para cada litro de leite.
  3. Cubra com um papel toalha ou um pano estilo voal (gaze ou fralda funcionam bem) e prenda com um elástico e deixe fermentando entre 24 e 48 horas em temperatura ambiente e em local longe de luz. (arrume um lugarzinho no seu armário).   * Importante salientar aqui que, quanto maior a temperatura ambiente mais rápido irá fermentar e, ainda, que quanto mais tempo fermentando mais ácido ficará. Faça suas experiências e veja qual o melhor método (tempoXquantidade de grãosXtemperatura) é melhor para o seu paladar. Pode ser que em tempetaras mais quentes 12 horas seja o suficiente.
  4. Depois de fermentar, coe os grãos de kefir. Armazene o líquido fermentado em um recipiente com tampa.
  5. Retorne os grãos para um recipiente limpo com leite para reiniciar o processo.
1. Coloque os grãos no Leite Integral.

2. Tampe com uma gaze, fralda, voal ou papel toalha e guarde em um cantinho do seu armário.

3. Depois de fermentado entre 12 a 48 horas, coe e reinicie o processo.



ARMAZENAMENTO DO IOGURTE DE KEFIR
Depois de coado o leite de kefir, também chamado de iogurte de kefir,  deverá ser armazenada em um recipiente devidamente tampado, na geladeira.
Agora é só consumir o kefir puro ou pode-se, ainda, bater com frutas diversas e de acordo com o seu gosto. Ainda há outras possibilidades, dessorar para deixá-lo mais consistente estilo iogurte grego, mais ainda e virará um estilo cream cheese ou ainda um queijinho mais firme. Tudo isso vou explicar em um post mais completo.

OUTRAS informações:
  • Teste várias combinações de quantidade de grãos, quantidade de leite, tipo de leite e tempo de fermentação para chegar ao Kefir que mais agrade o seu paladar.
  • Não é necessário lavar os grãos entre um cultivo ou outro, mas recomenda-se fazer isso uma vez na semana ou a cada duas semanas. Depois de peneirado, lave os grãos com água filtrada e reinicie o processo.
  • É normal que, quando for coar o Kefir, você note a presença de uma espécie de viscosidade, isso é totalmente normal, e os cientistas chamam essa “liga” que se desprende de Kefiran, que é altamente benéfico e está associado a propriedades anti-cancerígenas. Evite ficar lavando sempre!
  • Para cada litro de leite recomenda-se usar cerca de 2 a 4 colheres (sopa) de grãos de kefir. Se usar mais o processo de fermentação será mais acelerado.

  • Você saberá que o kefir está dando certo quando, depois de fermentado, o leite fica mais grosso, na consistência de iogurte.
  • Pode acontecer durante o processo de fermentação a separação do leite e do soro, se isso acontecer não se desespere é totalmente normal. Misture tudo e coe normalmente.
  • A coloração normal dos grãos é mais branquinha, se você encontrar algum mais escuro ou amarronzado, descarte!
  • Nunca consumir o kefir que apresentar gosto ou cheiro estranho. É normal um sabor um pouco mais ácido, mas nunca cheiro e gosto totalmente desagradável.
  • Conforme o seu Kefir for aumentando, guarde uma porção no congelador de backup e doe o excedente!

Como fazer crepioca?

-->
$00.00
Descriptions…
Modo de Preparo
  1. Em um recipiente, bata bem o ovo.
  2. Adicione a goma de tapioca e bata novamente (pode bater com um garfo mesmo), até obter uma mistura homogênea.
  3. Coloque todo o conteúdo em uma frigideira antiaderente levemente quente e mantenha em fogo baixo.
  4. Deixe por alguns segundos e vire para dourar do outro lado.
  5.  
  6. Em um recipiente, bata bem o ovo
  7. Adicione a goma de tapioca e bata novamente (pode bater com um garfo mesmo), até obter uma mistura homogênea
  8. Coloque todo o conteúdo em uma frigideira antiaderente levemente quente e mantenha em fogo baixo
  9. Deixe por alguns segundos e vire para dourar do outro lado
  10. Não é necessário untar com óleo, azeite ou manteiga

1 de dez de 2017

Dia Mundial de Combate à AIDS

O Dia Mundial de Combate à AIDS ou Dia Mundial de Luta Contra a Sida, internacionalmente definido como o dia 1° de dezembro, é uma data voltada para que o mundo una forças para a conscientização sobre a Síndrome da imunodeficiência adquirida.Resultado de imagem

8 de mai de 2017

carne de vaca e carne de boi


carne de vaca e carne de boi

 

Resultado de imagem para carne de vaca e carne de boi

Qual é a diferença da carne de vaca e carne de boi?Pouca gente sabe diferenciar a carne de boi para a carne de vaca, mas existem alguns diferenciais:
1º - Carne de vaca não é encontrada em supermercados, que negociam com produtores somente de carne boi.
2º - Carne de vaca tem a gordura que sempre encontramos entremeada na carne de cor amarela, isto devido a lactose em seu organismo pela produção do leite para a produção de leite e a amamentação dos filhotes.
3º - Carne de vaca é mais dura do que a carne de boi, isto devido ao seu tempo de vida maior justamente para a produção do leite enquanto que a de boi tem tempo já pré-determinado vive apenas para que a carne passe do período de verde para vermelha e apropriada para consumo.
a carne de boi ne, é mais macia.
Tem a carne de vaca que é mais dura e a gordura é bem amarela.
A carne do boi é bem saborosa mas é muito goordurosa
A carne do touro que é macia e deliciosa.
Tem a carne da famosa vitela que é super macia( Um bezerro até 120 kilos tratado a base de leite)

22 de abr de 2017

Foie gras: fígado de pato

-->

Foie gras: fígado de pato
 Nada doce, o preço chega a US$ 13 mil. Foie Gras. Odiado pelos ativistas da causa animal, o fígado gordo de pato ou de ganso (este último considerado o mais caro) só é possível porque os animais são alimentados à força, levando o órgão a funcionar no limite.
O foie gras é um símbolo francês, e que ganhou com o passar do tempo o mundo e um status de produto luxuoso. Tão saboroso como polemico, “foie gras” que significa fígado gordo, é o fígado de pato sob o efeito de uma intensa alimentação dos animais, gerando um fígado maior e mais saboroso. O seu processo de obtenção iniciou-se a pelo menos 5 mil anos no Egito antigo, ganhou a Europa, e sofre duras críticas de parte da população mundial.
 A partir do processo natural de engorda que os patos e gansos sofrem durante a migração sob forte inverno, criou-se o método manual de alimentar os animais, engordando-os, com o objetivo de ter foie gras disponível durante todo o ano, e em maior quantidade. A França apesar de não ter sido criadora, foi a propulsora do foie gras, e tem o ingrediente com patrimônio cultura, gastronômico e protegido da França. Para os animais fornecerem um foie gras de qualidade e especial, é necessário um processo de engorda que possui regras estipuladas e rigorosas. Eles pouco se locomovem e recebem de 6 a 12 vezes mais comida que o normal, técnica chamada de “gavage”. A textura é incrível, o sabor é marcante, e a sua versatilidade no preparo de pratos é enorme.

diferença entre a cúrcuma e o açafrão

-->


Cúrcuma e açafrao


Ando horrorizada com o que tenho lido por aí, principalmente aqui na internet, sobre a cúrcuma e o açafrão. A confusão que as pessoas fazem é imensa, confusão criada porque aqui a cúrcuma é também chamada de açafrão-da-terra ou somente de açafrão, o que é errado. Já vi uma foto de açafrão ilustrando um sal temperado com cúrcuma, matérias falando de um tempero e usando a foto de outro. Um dia desses li esse absurdo a seguir que me inspirou a escrever essa postagem: " A cúrcuma é a raiz e o açafrão é a cúrcuma torrada em pó", a matéria falava sobre antioxidantes e trazia a foto do açafrão.
Não tem problema nenhum em não saber, eu mesma tenho dúvidas sobre especiarias mesmo estudando muito, é um assunto vastíssimo (e encantador!!). Mas a partir do momento que você escreve, você deve procurar informações um pouco mais corretas, não acha?

Então vamos lá!

A cúrcuma e o açafrão vêm de plantas diferentes, de espécies diferentes. Elas têm forma e sabor diferentes. Olhe a foto acima!

A cúrcuma
Nome científico: Curcuma longa - família: zingeberaceae
Não é uma raiz, ela é um rizoma, ou seja, é um caule subterrâneo de uma planta. Tudo bem chamar de raiz, mas chamar de açafrão não dá! Chame de açafrão da terra, ok? Ela custa baratinho e é normalmente vendida desidratada e em pó, esse pó é amarelo escuro ou laranja. É encontrada em saquinhos, a granel e em potes de temperos. É ela que contém curcumina, o antioxidante que está na moda e parece ser poderoso.


o açafrão
Nome científico: Crocus sativus - família: iridaceae
São os estigmas de uma flor de cor lilás, são esses filamentos vermelhos da foto. É um tempero caríssimo vendido em vidrinhos ou caixinhas contendo um grama ou menos, a embalagem tem rótulo, é vendido em lojas especializadas em especiarias, empórios ou supermercados mais caros. Tem aroma e sabor diferente da cúrcuma. É normalmente vendido inteiro, pode ser encontrado em pó, mas o pó é vermelho. São usados na paella espanhola. O açafrão também tem propriedades antioxidantes mas não é tão usado como a cúrcuma devido ao seu valor..



Nenhuma das duas especiarias é torrada! Especiarias são desidratadas para que durem mais e desenvolvam todo seu potencial aromático. Elas podem ser curadas e até defumadas, mas torrado é o café e os miolos de quem escreve sem pesquisar direito. Podemos "torrar" as especiarias antes de usar, mas mesmo assim usamos a palavra tostar.


As duas especiarias são ótimas na cozinha! Não perca minhas dicas nas postagens acima.

O que é o curry?
O curry é uma mistura de várias especiarias, entre elas a cúrcuma.


Atenção: os saquinhos com pós amarelado que são vendidos baratinhos na feira ou em mercados são de cúrcuma. Se é baratinho é cúrcuma! Se o vendedor chama de açafrão é pelo hábito, é cultural, ele provavelmente conhece a cúrcuma como açafrão e desconhece o açafrão verdadeiro. Mas ele está vendendo a cúrcuma.
Se você está em dúvidas do que tem casa provavelmente tem cúrcuma! Se fosse o açafrão verdadeiro você saberia, porque como falei, ele é caro, é vendido em embalagens com rótulo, no Brasil não é vendido a granel ou na feira.

Se ainda ficou com alguma dúvida não tenha vergonha e pergunte abaixo. Vergonha é não querer aprender! Mas antes de perguntar dê uma olhada nos três links para outras matérias acima, ok?

Leia mais aqui: http://www.aromasesabores.com/2015/03/veja-qual-diferenca-entre-curcuma-e-o.html#ixzz4f1lnLUgz

AMADORES AO FOGÃO O avesso do glamour

-->

O avesso do glamour

Esta é mais uma excelente matéria que encontrei foleando minhas revistas antigas. 

O avesso do glamour

Justin Sullivan/Getty Images


Como chef número 1 da Le Cordon Bleu, a mais prestigiada escola de gastronomia do mundo, o francês Patrick Terrien, 60 anos, comanda uma equipe de 480 profissionais em 35 filiais espalhadas por quinze países. No ramo há mais de quarenta anos, Terrien trabalhou numa dezena de restaurantes estrelados e chegou a ter o seu próprio, em Paris. Considera obrigação conhecer a culinária de inspiração francesa nos países por onde passa e fará isso no Brasil, que visita na semana que vem e onde pretende, em prazo ainda não definido, abrir nova filial da Cordon Bleu. O chef falou à repórter Renata Betti sobre os avanços - e alguns dos equívocos - da gastronomia do século XXI.

AMADORES AO FOGÃO

Um problema da gastronomia moderna é a quantidade de jovens cheios de autoestima que, nem bem se formam, já se acham preparados para ter um restaurante próprio - quando não estão. Duas décadas atrás, isso acontecia por volta dos 40 anos. Hoje, é mais comum aos 20, idade em que eles são movidos pela ideia, quase sempre equivocada, de que têm em si algo de genial. Na realidade, falta-lhes técnica, que só vai sendo aprimorada mesmo no exercício da profissão. Alguns desses jovens até ganham sobrevida porque conseguem disfarçar sua mediocridade sob o rótulo de cuisine d’auteur - uma cozinha autoral, em que a criatividade do chef pode conferir originalidade aos pratos. No caso desses novatos, porém, o gênero costuma se traduzir apenas numa tentativa frustrada de substituir conhecimento técnico por intuição. Isso não funciona na cozinha.

FEIRA LIVRE

Muitos ingressam na Cordon Bleu com uma visão idílica do ofício de chef. Eles ambicionam o status da carreira, capaz de alçar os melhores à condição de celebridade, mas não têm ideia de que até um Alain Ducasse precisa carregar saco de farinha na cozinha e aguentar mau humor de cliente no salão. Assim que chegam à escola, tratamos de trazê-los à realidade. Os estudantes aprendem que não apenas talento e esforço são pré-requisitos para um bom cozinheiro. Até a força física conta. Quando o restaurante está lotado e a cozinha um caos, todo mundo fica sujeito a fazer o serviço pesado. Quem já viu a cena sabe: o clima é de feira livre.

CADÊ AS MULHERES?

Um levantamento recente mostra que apenas 10% dos chefs no mundo inteiro são mulheres. Duas razões, basicamente, afastam-nas da cozinha dos restaurantes. A primeira diz respeito justamente à força física requerida no trabalho, exigência que, segundo pesquisas sobre o assunto, espanta boa parte delas. Mas não é só isso. Ainda pesa contra as mulheres que aspiram à chefia de uma cozinha um preconceito antigo, que gira em torno da ideia de que elas são incapazes de administrar, ao mesmo tempo, tantos egos e tarefas. Enquanto em outros setores da economia as mulheres já são até maioria nos cargos de comando, na gastronomia vê-se ainda atraso de décadas nesse sentido. E perdem-se boas cozinheiras por isso.

EGOS À SOLTA

O trabalho de um chef é normalmente comparado ao de um maestro, que precisa coordenar várias tarefas simultaneamente com o único objetivo de produzir um bom prato. Para mim, o chef tem de ser, acima de tudo, um bom psicólogo. Num ambiente em que se concentram tantos egos inflados, ele deve manter permanentemente sob controle a vaidade alheia. Outra de suas atribuições centrais também passa longe da gastronomia propriamente dita: trata-se de circular com desenvoltura pelo salão, algo que requer habilidades de ator. Já vi muito chef arremessando prato no chão da cozinha num momento de ira para, no segundo seguinte, desfilar sorridente pelo salão. Essa capacidade ímpar para escamotear o mau humor é trunfo de alguns dos mais estrelados profissionais do mercado.

FRANÇA X ESPANHA

Na disputa entre essas duas cozinhas, não há dúvida de que a francesa consegue manter um alto padrão com mais regularidade. A França se beneficia da variedade de bons ingredientes, da tradição de suas escolas de gastronomia e ainda de um conjunto incomparável de técnicas culinárias acumuladas desde os tempos de Auguste Escoffier, no século XIX. Não dá para dizer, no entanto, que se trata da culinária mais inventiva do planeta, como já foi no passado. Hoje, é da Espanha que vêm as maiores inovações à mesa, encabeçadas pelo gênio de Ferran Adrià. Tudo muito interessante, tirando o fato de, às vezes, o gosto de uma espuma à base de funghi remeter a qualquer outro sabor - que não o do próprio funghi.

EXCESSOS QUE ESTRAGAM O PRATO

É inegável que os avanços tecnológicos recentes permitiram mudanças - para melhor - na cozinha. Com equipamentos como o forno a vapor e a técnica de cozimento a vácuo, é possível produzir pratos que, até dez anos atrás, simplesmente não poderiam ser concebidos. A culinária passou também a se valer de conhecimentos científicos, como a química, base para a tão inventiva cozinha molecular. O lado ruim dessa história é o deslumbramento de alguns chefs com tais descobertas. O uso excessivo delas, afinal, tem efeito exatamente oposto ao desejado: o gosto da comida fica artificial. Além disso, uma alta concentração de substâncias químicas pode até comprometer a saúde, como já foi demonstrado cientificamente. Sem dúvida, a criatividade é, por princípio, bem-vinda na cozinha. Mas todo bom chef deve ser inteligente o suficiente para conseguir inovar na medida do razoável.

DE FRANCÊS, SÓ O NOME

Existe por aí muito restaurante que se autointitula francês, mas passa ao largo da verdadeira comida servida na França. Isso é mais evidente nos países da América Latina, que não têm a tradição de enviar chefs à Europa para aprender as técnicas locais - muito menos para experimentar um bom foie gras. O resultado é um excesso de pimenta e temperos que só desfigura receitas consagradas ao longo dos séculos. As boas exceções são Brasil e Peru, exatamente porque nesses países há pelo menos um grupo de profissionais que, antes de se pretenderem chefs de restaurante francês, se dedicam a conhecer o básico. Fora da França, no entanto, ninguém prepara tão bem um steak au poivre quanto os japoneses. O trunfo deles é a disciplina. Se um chef ali erra, por questão de milímetros, o corte de uma carne, refaz tudo, até acertar. Isso ajuda a explicar por que Tóquio é a cidade que conta com mais estrelas no Guia Michelin, a bíblia da gastronomia. Sem altas doses de obsessão na cozinha, não dá para pensar em boa comida.


Fonte:

http://veja.abril.com.br/111109/avesso-glamour-p-108.shtml

21 de abr de 2017

como limpar uma rã da forma correta

como limpar uma rã da forma correta

-->

$00.00
Descriptions…

19 de abr de 2017

Emagrecer Rapidamente dieta 21 dias

-->
$00.00

Método Cientificamente Comprovado Para Você Perder de 5 à 10kg em Apenas 21 dias: 100% Garantido!

 

 

VOCÊ DESEJA ESQUECER UM GRANDE AMOR?

-->
$https://go.hotmart.com/V5761975P
https://go.hotmart.com/V5761975P
 

Digite aqui a descrição do produto


VOCÊ DESEJA ESQUECER UM GRANDE AMOR?

DESCUBRA UM MÉTODO TESTADO E APROVADO PARA VOCÊ
ESQUECER DE UMA VEZ POR TODAS O SEU ANTIGO AMOR
.

MÉTODO INFALÍVEL PARA VOCÊ QUE ACABOU DE SAIR DE UM NAMORO OU DE UMA SEPARAÇÃO;





clique aqui e receba seu curso 
 O Curso Namoro Perfeito é um Programa de Áudio para Homens e Mulheres que desejam se preparar para um relacionamento saudável.
 

 
O Programa Como Esquecer um Grande Amor é um programa de aprendizagem, transformação e evolução que proporciona uma visão saudável de relacionamentos afetivos. Isso é o que define esta formação. É mais do que um curso, é mais que um treinamento, é uma atmosfera inovadora de ferramentas, conceitos e conteúdos para desenvolver você! Além disso, depois da formação, os participantes formam um vínculo sólido e uma comunidade colaborativa de desenvolvimento contínuo, trocando insights e resultados obtidos com o método.
Resultado de imagem para Como Esquecer um Grande Amor
 https://go.hotmart.com/V5761975P

6 de fev de 2017

Curso Gastronomia gratis parte 5 (Móveis, Equipamentos e Utensílios da Cozinha)

-->
Resultado de imagem para Móveis, Equipamentos e Utensílios da Cozinha
▼  Março (60)

Postagens populares

Minha lista de blogs

tang

Pesquisa personalizada
User-agent: Mediapartners-Google* Disallow:Abobora Doce Recheada Adimito Amendoas Bacalhoada Bolinho Caranguejo Bolinho Recheado Queijo Bolos Decorados Mecanico Calda Manjar Carne Receita Cerveja Creme De Maca Croqueta Frango Presunto Feito Cuscuz Marroquino Folhadinhos Rapidos Gelatina Abacaxi Hoteis Inquilinato Laranja Morangos Licor Ameixa Macas Glaceadas Massa Leitao Massas Yakisoba Menus Dia Namorados Microondas Pao Molho Requeijao Frango Molhos Especial Tender Muffins De Halloween Paelha Marisco Panquecas Ovos Pate De Caviar Pessego Receitas De Pimenta Limao Polpa Manga Receitas Castanhas Portuguesas Receitas Cheesecake Receitas Rapidas Natal Repolho Crespo Risotto Pato Saladas Vinaigrette Sobremesas De Copinhos Sopa Arroz Feijao Sopa Courgette Sorvetes De Damasco Souvlaki Spaghetti Receitas Tarte Espinafres Frango Tarte Fruta Natas Tomates Forno Video Racao Humana